fbpx

PSOL pede cassação do mandato de Carla Zambelli após deputada comparar palestinos com ratos

O PSOL acionou o Conselho de Ética da Câmara dos Deputados na última quarta-feira (8) para pedir a cassação do mandato de Carla Zambelli por quebra de decoro parlamentar após ela ter publicado uma ilustração em suas redes sociais com a imagem de um rato com a bandeira palestina e um colete de bombas enquanto é caçado por uma águia que tem asas estampadas pelas bandeiras de Israel e dos Estados Unidos.

“A imagem abjeta publicada por Carla Zambelli, que iguala o povo palestino a ratos, contém claríssimo discurso de ódio, xenofobia, racismo, é uma ode ao massacre que ocorre na Faixa de Gaza. É inadmissível”, afirma a deputada federal Fernanda Melchionna, que sugeriu a iniciativa.

Para a presidenta nacional do PSOL, Paula Coradi, a charge é infame. “É desrespeitosa, racista e desumaniza o povo palestino. Muito similar às propagandas que a Alemanha Nazista fazia com judeus. Por isso, ela deve responder por quebra de decoro. Sua postura, também nesse caso, é inaceitável”, disse.

Com a postagem racista e xenofóbica, Zambelli “abusa de suas prerrogativas constitucionais, e por isso, deve perder o seu mandato”, diz trecho da representação apresentada pelo PSOL.

“A representada tem, de forma sistemática e recorrente, violado a legislação, afrontado os Direitos humanos, intentado planos golpistas e propagado fake news e discursos de ódio”, conclui o partido no documento.

Cadastre-se e recebe informações do PSOL

Relacionados

PSOL nas Redes

469,924FãsCurtir
362,000SeguidoresSeguir
7,543SeguidoresSeguir
515,202SeguidoresSeguir

Últimas