fbpx

Moção do PSOL pela imediata liberdade dos presos políticos de Milei na Argentina

O diretório nacional do PSOL reunido em 14 e 15 de junho em São Paulo manifesta repúdio à prisão de 30 ativistas argentinos que lutavam no Ato em Buenos Aires contra a Lei Bases do presidente Javier Milei. Lei que ataca os direitos dos trabalhadores de conjunto, público e privado quando prevê menos garantias legais, reforçando o trabalho temporário precário e criminalizando trabalhadores que participarem de ato e lutas por direitos. Da mesma força que pesa a mão sobre os trabalhadores a Lei de Bases do governo alivia a vida dos mais ricos com diminuição de tributação.

Os trabalhadores argentinos foram presos no ato realizado durante a votação da Lei no Senado e diante de brutal repressão policial no ultimo 12 de junho, sob o comando da ministra Bullrich, e seguem encarcerados.

Exigimos a libertação imediata dos 30 presos políticos e anulação de processo judicial que tentem incriminar jovens e trabalhadores que lutam por direitos.

Lutar não é Crime!

Diretório Nacional do PSOL
São Paulo, 15 de junho de 2024

Cadastre-se e recebe informações do PSOL

Relacionados

PSOL nas Redes

469,924FãsCurtir
362,000SeguidoresSeguir
7,547SeguidoresSeguir
515,202SeguidoresSeguir

Últimas