fbpx

PGR abre investigação contra deputado por transfobia contra Erika Hilton (PSOL)

A Procuradoria-Geral da República (PGR) abriu procedimento investigatório para apurar o crime de violência política de gênero e transfobia cometido pelo deputado federal Pastor Sargento Isidório (Avante-BA) durante sessão de uma comissão da Câmara dos Deputados contra a parlamentar do PSOL Erika Hilton.

A investigação trata de declarações feitas pelo parlamentar durante sessão de uma comissão da Câmara que discutia um projeto que proíbe o casamento homoafetivo no Brasil, em 19 de setembro.

Na ocasião, o Pastor Sargento Isidório disse que “homem nasce com binga” e “mulher nasce com tcheca”. Também referiu-se a Erika, uma mulher trans, como “meu amigo”.

A abertura da investigação pela PGR atende a pedidos apresentados pela própria deputada e também pelo Ministério Público Eleitoral. Erika considerou que o discurso do deputado teve “cunho evidentemente transfóbico” e proferiu “falas absurdas”.

Cadastre-se e recebe informações do PSOL

Relacionados

PSOL nas Redes

469,924FãsCurtir
362,000SeguidoresSeguir
6,653SeguidoresSeguir
515,202SeguidoresSeguir

Últimas