fbpx

Professora Luciene Cavalcante (PSOL) pede investigação de pagamentos a assessor de Brazão em igreja de Silas Malafaia

A deputada federal Professora Luciene Cavalcante (PSOL) pediu ao MPF que investigue se Silas Malafaia tem algum envolvimento nos pagamentos recebidos por Robson Calixto, conhecido como Peixe, assessor de Domingos Brazão, em uma das igrejas evangélicas do pastor na Zona Oeste do Rio de Janeiro.

Registros do Disque-Denúncia que constam em relatório da PF sobre o caso Marielle apontam que Calixto marcava de receber quantias devidas à milícia na região em uma unidade da Assembleia de Deus Vitória em Cristo, no bairro Taquara.

“A conclusão do relatório final da Polícia Federal de que o referido miliciano recebeu pagamentos em uma das igrejas lideradas pelo Sr. Silas Lima Malafaia é de extrema gravidade, uma vez que sugere a possível utilização da estrutura eclesiástica para fins ilícitos, o que, se confirmado, representa uma violação da lei e da ordem pública”, diz trecho da representação.

A deputada também acionou o TCU para que fiscalize as rendas e o patrimônio de Malafaia e das igrejas sob sua administração diante de indícios do uso desses templos para “transações ilícitas e provável sonegação de impostos”.

Cadastre-se e recebe informações do PSOL

Relacionados

PSOL nas Redes

469,924FãsCurtir
362,000SeguidoresSeguir
1,895SeguidoresSeguir
515,202SeguidoresSeguir

Últimas