fbpx

PSOL aciona MP e Defensoria para investigar slides apresentados em sala de aula na gestão Tarcísio em SP

A deputada federal Luciene Cavalcante, o deputado estadual Carlos Giannazi e o vereador Celso Giannazi acionaram o Ministério Público de São Paulo, a Defensoria Pública e o Tribunal de Contas do Estado para pedir investigação sobre os slides oficiais apresentados nas salas de aula da gestão de Tarcísio de Freitas no governo de São Paulo.

Em um dos slides, a Secretaria de Educação do governo de SP diz que Dom Pedro II, e não sua filha, a Princesa Isabel, assinou a Lei Áurea em 1888. Em outro slide, a pasta afirma que a cidade de São Paulo tem praias.

Os parlamentares do PSOL apontam que a secretaria não tornou público o processo de escolha dos responsáveis pela produção dos slides, se há um projeto pedagógico por trás ou o custo do material.

O secretário da Educação da gestão bolsonarista, Renato Feder, anunciou em agosto que o governo iria usar os slides como conteúdo único de formação, abrindo mão de cerca de 10 milhões de livros fornecidos pelo Ministério da Educação. Após a repercussão extremamente negativa, a gestão Tarcísio recuou da decisão.

Cadastre-se e recebe informações do PSOL

Relacionados

PSOL nas Redes

469,924FãsCurtir
362,000SeguidoresSeguir
6,653SeguidoresSeguir
515,202SeguidoresSeguir

Últimas