fbpx

PSOL denuncia Tarcísio de Freitas e Guilherme Derrite ao Tribunal Penal Internacional por violência policial

A deputada federal Luciene Cavalcante, o deputado estadual Carlos Giannazi e o vereador Celso Giannazi, todos do PSOL. denunciaram o governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas, e seu secretário estadual de Segurança Pública, Guilherme Derrite, ao Tribunal Internacional Penal (TPI) por crimes contra a humanidade ao longo do aumento da violência policial no estado de São Paulo.

Houve uma alta de 32% de mortes por policias militares do estado de 2022 para 2023, além de um salto de 94% de vítimas no primeiro bimestre deste ano em comparação ao mesmo período do ano passado.

A representação cita ainda as operações Escudo e Verão, na Baixada Santista, que terminaram com ao menos 80 mortos.

Tarcísio de Freitas, enquanto dizia que tinha “muita tranquilidade” com a quantidade de mortes, inclusive desafiou: “o pessoal pode ir na ONU, na Liga da Justiça, no raio que o parta, que eu não estou nem aí”.

Os parlamentares pedem que o TPI instaure um procedimento investigatório e que Tarcísio e Derrite sejam chamados a depor, sob pena de confissão de culpa em caso de recusa.

Cadastre-se e recebe informações do PSOL

Relacionados

PSOL nas Redes

469,924FãsCurtir
362,000SeguidoresSeguir
6,654SeguidoresSeguir
515,202SeguidoresSeguir

Últimas