fbpx

PSOL e PT acionam Justiça contra privatização da Sabesp após Ricardo Nunes apresentar estudo de apenas quatro páginas

As bancadas do PSOL e do PT na Câmara Municipal de São Paulo acionaram a Justiça para suspender a votação do projeto de lei da privatização da Sabesp, que a base do prefeito da capital paulista Ricardo Nunes tenta aprovar ainda nesta quinta-feira (2).

Após uma ação anterior da bancada do PSOL e do PT, a juíza Celina Kiyomi Toyoshima, da 4ª Vara de Fazenda Pública da Justiça de São Paulo, determinou que a votação só poderia acontecer após a realização de todas as audiências públicas e a apresentação de um estudo sobre o impacto orçamentário aos cofres públicos do processo de privatização.

O estudo, apresentado pelo secretário municipal da Casa Civil, Fabrício Cobra, tem apenas quatro páginas e não apresenta dado algum que embase a decisão pela privatização.

“O documento se assemelha mais a uma manifestação política da atual gestão à frente da administração pública do que um estudo de impacto”, diz a ação de PSOL e PT que pede a suspensão da votação após a divulgação do “estudo”.

Cadastre-se e recebe informações do PSOL

Relacionados

PSOL nas Redes

469,924FãsCurtir
362,000SeguidoresSeguir
6,653SeguidoresSeguir
515,202SeguidoresSeguir

Últimas