fbpx

PSOL pede a cassação de vereador do MBL em São Paulo por tentativa de difamar o padre Julio Lancellotti

O vereador Toninho Vespoli (PSOL) pediu na Câmara Municipal de São Paulo (SP) a cassação do mandato de Rubinho Nunes (União Brasil) por quebra de decoro parlamentar ao difamar e perseguir o padre Julio Lancellotti e organizações que prestam assistência à população em situação de rua na “Cracolândia”. O requerimento foi apresentado na última quinta-feira (1).

“O vereador se aproveita de sua posição como representante legislativo para cometer atos criminosos. É importante ressaltar que a imunidade parlamentar não deve ser confundida com a prática de atos tipificados no Código Penal, como os crimes contra a honra”, aponta Vespoli no documento.

Toninho também aponta que Rubinho fala, “de forma absurda”, que as atuações sociais do padre na região “contribuem para a disseminação da miséria, além de afirmar que os movimentos fazem apologia ao crime organizado”.

“Rubinho Nunes, ao invés de realizar sua função típica legislativa para o combate embasado e científico para o tratamento da população cracolândia, prefere, injustificadamente e baseado em informações falsas, instaurar uma CPI contra o trabalho humanista desenvolvidos por entidades e por figuras como o Padre Júlio para auxiliar aqueles que são marginalizados”, declarou o vereador no documento.

Cadastre-se e recebe informações do PSOL

Relacionados

PSOL nas Redes

469,924FãsCurtir
362,000SeguidoresSeguir
515,202SeguidoresSeguir

Últimas