fbpx

Diretório Nacional do PSOL proíbe alianças nas eleições de 2024 com partidos que apoiaram Bolsonaro

O Diretório Nacional do PSOL aprovou na última segunda-feira (25) uma resolução sobre as eleições municipais de 2024 que veta alianças eleitorais com partidos que apoiaram o governo de Jair Bolsonaro. O texto veta tanto a coligação com aqueles partidos que abrigam a maior parte dos parlamentares de extrema-direita, como o PL, por exemplo, assim como com partidos do Centrão ligados à agenda do atraso do presidente da Câmara dos Deputados Arthur Lira.

Saiba mais: Leia na íntegra a resolução sobre alianças eleitorais aprovada pelo Diretório Nacional do PSOL

A resolução também reforça a importância de que as direções municipais busquem, sempre que possível, a unidade das forças progressistas de esquerda e centro-esquerda em suas cidades, como com os partidos da Federação Brasil da Esperança (PT, PCdoB e PV), PSB, PDT, PCB e UP.

Alianças com partidos que saiam desse rol de forças progressistas deverão ser avaliadas caso a caso pela direção da Federação PSOL-Rede. Se o município tiver menos de 200 mil eleitores, a avaliação será feita pela direção estadual da Federação. Já se o município tiver mais de 200 mil eleitores, a avaliação será feita pela direção nacional da Federação PSOL-Rede.

O PSOL levará esta resolução aprovada em seu Diretório Nacional para ser devidamente deliberada pela instância nacional da Federação PSOL-Rede ainda nesta semana.

Cadastre-se e recebe informações do PSOL

Relacionados

PSOL nas Redes

469,924FãsCurtir
362,000SeguidoresSeguir
1,895SeguidoresSeguir
515,202SeguidoresSeguir

Últimas