fbpx

Liderança quilombola do PSOL em Sergipe sofre ameaças gravíssimas de morte

A liderança quilombola sergipana Maria Izaltina vem sofrendo sérias ameaças de morte em sua cidade, Brejo Grande (SE), após o reconhecimento, através de uma portaria do governo federal, das terras quilombolas de Brejão dos Negros.

Além disso, há articulações políticas de inimigos dos direitos quilombolas para fazer retroceder a Portaria nº 234/2023 do Ministério do Desenvolvimento Agrário e Agricultura Familiar/Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária, que reconheceu a titularidade da terra àquela comunidade histórica de Sergipe.

Izaltina é filiada ao PSOL, e foi suplente da candidatura do partido ao Senado por Sergipe nas eleições de 2022.

Ela já registrou um boletim de ocorrência como resposta às ameaças e também solicitou proteção através do Programa de Proteção aos Defensores de Direitos Humanos.

“Estamos unidos na defesa da integridade física e da vida da companheira Izaltina, assim como na luta, juntamente com toda a comunidade, pela garantia desse direito legitimamente conquistado”, declarou o PSOL de Sergipe em nota.

Cadastre-se e recebe informações do PSOL

Relacionados

PSOL nas Redes

469,924FãsCurtir
362,000SeguidoresSeguir
515,202SeguidoresSeguir

Últimas