fbpx

Para unificar esquerda, PSOL abre mão de candidatura em Porto Alegre e indicará vice de Maria do Rosário (PT)

A deputada estadual Luciana Genro (PSOL-RS) anunciou na última segunda-feira (26) que retira sua pré-candidatura à Prefeitura de Porto Alegre em nome da unidade das forças progressistas da cidade em torno do nome da deputada federal Maria do Rosário (PT). Caberá ao PSOL indicar a pré-candidata a vice na chapa, que será a servidora pública e militante do movimento negro Tamyres Filgueira.

No próximo sábado (2), o Diretório Municipal do PSOL Porto Alegre se reunirá para oficializar a decisão, que acontece após o avanço das discussões para a construção conjunta de um programa de governo para a capital gaúcha.

“Nossa prioridade sempre foi unificar para termos a possibilidade de derrotar o (Sebastião) Melo e construir um programa comum. Estamos caminhando bem”, disse Luciana Genro, que também preside o PSOL no estado.

PSOL e PT já acertaram de encomendar estudos para reverter a privatização da Carris e propor a tarifa zero no transporte público municipal.

A aliança entre as federações PSOL-Rede e PT-PCdoB-PV já havia acontecido nas eleições do Rio Grande do Sul de 2022, quando Pedro Ruas (PSOL) foi vice na chapa de Edegar Pretto (PT) para concorrer ao governo do estado. A chapa foi muito competitiva e ficou a apenas 1,5 mil votos (0,04%) de ir para o segundo turno no lugar do atual governador Eduardo Leite (PSDB).

Cadastre-se e recebe informações do PSOL

Relacionados

PSOL nas Redes

469,924FãsCurtir
362,000SeguidoresSeguir
1,895SeguidoresSeguir
515,202SeguidoresSeguir

Últimas