fbpx

Partidos de oposição definem 2/10 e 15/11 para grandes atos pelo impeachment de Bolsonaro

Em reunião entre os presidentes de diversos partidos de oposição, ficaram definidos os dias de 2 de outubro e 15 de novembro como datas pra grandes atos pelo impeachment de Bolsonaro. Participaram da reunião, nesta quarta-feira (15), PSOL, PT, PCdoB, PDT, PSB, PV, Rede, Solidariedade e Cidadania, partidos de oposição com representação na Câmara dos Deputados.

O dia 2 de outubro já era indicado pela campanha nacional Fora Bolsonaro, que congrega os movimentos sociais das Frentes Povo Sem Medo e Brasil Popular, movimentos de negritude, de mulheres, sindicatos, e da qual o PSOL faz parte, como o dia prioritário para manifestações pelo impeachment.

“É, portanto, um gesto de generosidade desses partidos acolher o dia 2 como referência para uma primeira manifestação unificada. Bom começo!”, disse o presidente do PSOL Juliano Medeiros ao anunciar a construção unificada do ato pelos partidos.

Nos próximos dias, o trabalho será para garantir que todos e todas que são a favor do impeachment de Bolsonaro participem ativamente da construção das manifestações por todo o Brasil, com a adesão de cada vez mais setores políticos aos atos.

“Além de partidos de oposição e movimentos sociais queremos fazer algo ainda mais amplo, com a presença de governadores, artistas, personalidades diversas. Sem sectarismos, sem antecipar debates eleitorais, sem hostilidades. Vamos avançar e vamos derrubar Bolsonaro! Há esperança!”, completou Juliano Medeiros.

Cadastre-se e recebe informações do PSOL

Relacionados

PSOL nas Redes

469,924FãsCurtir
362,000SeguidoresSeguir
6,653SeguidoresSeguir
515,202SeguidoresSeguir

Últimas