fbpx

PSOL aprova resolução de conjuntura: sem anistia para golpistas no Brasil e pelo fim do genocídio em Gaza

A Executiva Nacional do PSOL se reúne nesta segunda-feira (26) e aprovou uma resolução de conjuntura que reafirma a centralidade da luta contra a extrema-direita após os golpistas terem realizado uma manifestação no último domingo para tentar legitimar a tentativa de golpe de 8 de janeiro de 2023.

SAIBA MAIS: Leia na íntegra a resolução de conjuntura aprovada pela Executiva Nacional do PSOL

“Mais do que nunca é hora de reafirmar a luta contra a anistia de quem articulou, financiou e participou do atentado golpista de 8 de janeiro de 2023”, diz trecho do texto aprovado.

E para o PSOL, essa luta precisa ser travada nas ruas ao lado dos movimentos populares, feministas e antirracistas. “A sociedade brasileira precisa seguir nas ruas defendendo a democracia e, junto com os movimentos sociais, cobrar a conclusão das investigações e as condenações desse atentado à democracia”, apontam os dirigentes do partido.

“Assim, o PSOL se soma às Frentes Povo Sem Medo e Brasil Popular na iniciativa de construção do dia nacional de mobilização pela prisão de Bolsonaro, cobrando a punição de todos os golpistas”, continua a resolução de conjuntura aprovada.

Sobre a situação internacional, o PSOL alerta para a força internacional acumulada pela extrema-direita, que busca capitalizar a insatisfação com a crise produtiva do capitalismo através de um discurso “anti-sistema”, mas que aponta como soluções a opressão cada vez maior às minorias e aos mais pobres.

Além disso, o PSOL celebra as declarações contundentes do presidente Lula contra o genocídio cometido pelo Exército de Israel contra o povo palestino em Gaza.

“O PSOL manifesta seu apoio ao povo palestino e reafirma a acertada atuação do governo Lula na busca pela paz e o fim do genocídio na faixa de Gaza. O genocídio deve acabar e o governo de extrema-direita de Netanyahu deve pagar pelos seus crimes. É urgente também que o governo brasileiro cancele os acordos de cooperação militar e de segurança com Israel assinados por Bolsonaro”, diz o texto aprovado.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por PSOL 50 (@psol50)

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por PSOL 50 (@psol50)

Cadastre-se e recebe informações do PSOL

Relacionados

PSOL nas Redes

469,924FãsCurtir
362,000SeguidoresSeguir
6,653SeguidoresSeguir
515,202SeguidoresSeguir

Últimas