fbpx

PSOL faz plenária virtual “Elas Ficam” na próxima segunda (7) às 19h

O PSOL e sua Setorial Nacional de Mulheres vão realizar na próxima segunda-feira (7), às 19h, a plenária virtual “Elas Ficam” para denunciar a perseguição política sofrida por seis deputadas federais na Câmara dos Deputados: Célia Xakriabá (PSOL-MG), Fernanda Melchionna (PSOL-RS), Sâmia Bomfim (PSOL-SP), Talíria Petrone (PSOL-RJ), Erika Kokay (PT-DF) e Juliana Cardoso (PT-SP).

As parlamentares têm seus mandatos ameaçados por pedidos de cassação apresentados pelo partido de Bolsonaro, o PL, que classificou como quebra de decoro o uso por parte delas do termo “assassinos” para se referir aos parlamentares que defenderam o projeto de lei que estabelece o “Marco Temporal” das terras indígenas, aprovado neste ano na Câmara.

A plenária será transmitida através das redes sociais do PSOL 50 e das Mulheres do PSOL. Não será preciso inscrição prévia para acompanhar o evento que denunciará a perseguição e prestará solidariedade às parlamentares.

As representações contra elas foram analisadas em tempo recorde no Conselho de Ética da Câmara, com espaço de menos de um dia entre a apresentação das denúncias individualizadas e os sorteios dos relatores, em 31 de maio.

Os relatórios preliminares sobre os pedidos de cassação já serão apresentados nesta primeira de agosto, no retorno dos trabalhos parlamentares após o recesso de julho.

A Executiva Nacional do PSOL, em sua última reunião em julho, aprovou a promoção de uma campanha nacional de solidariedade às seis parlamentares perseguidas pela extrema-direita.

Cadastre-se e recebe informações do PSOL

Relacionados

PSOL nas Redes

469,924FãsCurtir
362,000SeguidoresSeguir
7,237SeguidoresSeguir
515,202SeguidoresSeguir

Últimas