fbpx

PSOL pede cassação de Maurício Marcon na Câmara por falas racistas e xenofóbicas

O PSOL, a partir de uma iniciativa da deputada federal Fernanda Melchionna, apresentou nesta semana uma representação contra o deputado Maurício Marcon (Podemos/RS) no Conselho de Ética da Câmara dos Deputados por quebra de decoro parlamentar e pede a cassação de seu mandato.

A ação foi tomada após as falas racistas proferidas pelo parlamentar nas redes sociais. No dia 5 de fevereiro deste ano, Marcon realizou uma live em seu perfil no Instagram com discurso fortemente xenofóbico e racista contra o povo nordestino.

“Esse negócio de a população no Nordeste cobrar menos dos políticos eu acho que interfere bastante na política brasileira. Eu vejo que o público do Sul e Sudeste se importa demais, e isso é bom, isso é ótimo, mas no Nordeste isso não existe, até pela pobreza”; “A gente às vezes fica pasmo, né, meu Deus? Na Bahia [Lula] fez 72%. A gente teve lá na Bahia…. é um Haiti… Não tem explicação, é uma pobreza, é tudo pichado, é sujo, e é uma área turística”, são alguns trechos do discurso de Marcon.

Para Melchionna, as falas de Marcon não estão apenas em total desacordo com o decoro parlamentar, mas também são passíveis de denúncia pelo crime de racismo. “Parece haver uma onda de parlamentares ‘saindo do armário’ e assumindo publicamente o seu racismo e xenofobia. É inadmissível que um parlamentar propague discursos de ódio e use sua posição de poder para perpetuar um pensamento não só retrógrado, mas criminoso, como o racismo. Marcon vai ter que responder diante do Conselho de Ética”, denuncia a deputada.

Cadastre-se e recebe informações do PSOL

Relacionados

PSOL nas Redes

469,924FãsCurtir
362,000SeguidoresSeguir
7,543SeguidoresSeguir
515,202SeguidoresSeguir

Últimas