fbpx

Nota da Executiva Nacional do PSOL sobre o desligamento da filiada Indianara Siqueira

A Executiva Nacional do PSOL comunica, com pesar, o desligamento de Indianare Siqueira dos seus quadros partidários. A medida foi aprovada pelo Diretório Nacional, sem nenhum voto contrário de seus 61 membros, com base em parecer da Comissão de Ética Nacional do PSOL. No processo, foi garantido direito à ampla defesa. A Executiva Estadual do PSOL/RJ já havia indeferido a candidatura de Indianare às eleições de 2018 pelos mesmos motivos que levaram agora ao seu afastamento definitivo.

A Comissão de Ética dedicou esforço, tempo e cuidados máximos na apuração do caso e na elaboração do seu parecer. Foram ao todo 13 oitivas, 30 horas de áudio e significativo material virtual e impresso, que deram origem a um detalhado relatório de 46 páginas. O relatório apontou desvios de conduta ética incondizentes com a prática partidária; casos em que são previstos no Estatuto do partido o desligamento.

Em que pese toda a problemática envolvida, há compreensão de que estamos lidando com temas que merecem o olhar diferenciado, levando em conta situações estruturais. Isso foi feito. Outrossim, o PSOL ressalta que não tolerará desvios éticos de seus filiados, sejam militantes da base, parlamentares, suplentes ou figuras públicas.

Recentemente, o PSOL decidiu desligar parlamentares cujos posicionamentos e métodos foram considerados incompatíveis com a ética partidária. Reiteramos que a atual decisão foi fruto de análise e reflexão profundas à luz dos fatos.

O PSOL se orgulha da paridade entre homens e mulheres de sua bancada na Câmara Federal, das diversas candidaturas LGBTI que teve em 2018 e das vitórias com elas alcançadas.

Por fim, o PSOL reconhece a transfobia estrutural na sociedade, reconhece que precisa aumentar o acúmulo sobre o tema e reafirma o seu total compromisso em combater a sua reprodução dentro do partido, assim como se propõe a defender a causa LGBTI e a promover um ininterrupto processo de formação política para o combate ao machismo, ao racismo, à LGBTfobia e a qualquer forma de opressão.

Cadastre-se e receba informações do PSOL

Relacionados

PSOL nas Redes

469,924FãsCurtir
362,000SeguidoresSeguir
517,617SeguidoresSeguir

Últimas